A Compulsão Alimentar é uma síndrome cuja característica mais marcante é a ingestão de grande quantidade de comida sem necessariamente a pessoa estar com fome ou com necessidade física do alimento. Quem sofre com Compulsão Alimentar não tem controle sobre o que come e o quanto come.

Se você suspeita que está sofrendo com Compulsão Alimentar, alguns sinais podem te ajudar a identificar o problema. Mas para ter certeza, o recomendado é procurar um profissional de saúde, como um psicólogo. Esse profissional tem condições de fazer uma avaliação precisa e prescrever um tratamento.

Veja os principais sinais da Compulsão Alimentar:

1 – A pessoa costuma ingerir grande quantidade de alimento sem estar com fome, e mesmo quando sente o estômago cheio, ainda continua a comer. Isso acontece pelo menos 2 vezes por semana.

2 – A pessoa costuma esconder comida e muitas vezes se esconde para comer.

3 – A pessoa come rápido demais com uma sensação de urgência.

4 – Sente um apego estranho por embalagens de alimentos, mesmo elas estando vazias.

compulsao-alimentar-2

5 – Estresse, ansiedade, preocupação e tristeza são fatores que muitas vezes levam a pessoa a pensar em comida e ingerir alimento em excesso, mesmo sem fome.

6 – Após comer em excesso a pessoa sente uma grande culpa.

7 – A pessoa se sente muito insatisfeita com seu peso e aparência.

Esses são alguns sinais que podem indicar a presença de Compulsão Alimentar, porém, como já foi dito, é importante procurar a orientação de um profissional de saúde, afinal, ele é quem terá condições de fazer um diagnóstico e prescrever o tratamento adequado.

Como eu posso controlar a Compulsão Alimentar:

  • Prepare o ambiente: É importante  informar os seus familiares e amigos que você está mudando os seus hábitos alimentares e pedir ajuda para eles.
  • Aprender a dizer NÃO, principalmente em festas. Nem tudo que tem na festa você precisa comer.
  • Coma a cada 3 horas, de forma fracionada, seguindo a orientação do nutricionista;
  • Organize antecipadamente os lanches do meio da manhã e tarde para não comer porcarias que não nutrem o corpo e resultam em fome;
  • Faça atividades que aliviam a ansiedade, como yoga, ou que aumentem a sensação de bem-estar;
  • Entender por que você está comendo fora do horário da refeição, tipo (doces, frituras e salgados). Fazer esta pergunta para si mesmo “Por que estou comendo este alimento? Estou por que o meu corpo precisa ou estou comendo por causa da ansiedade”
  • Faça atividades físicas, pois ajudam no aumento da serotonina;
  • Faça um diário alimentar e emocional, desta forma, estará atento ao que come e nos motivos que a levar a comer fora de hora;
  • Não utilize a comida como conforto ou substituto de situação de insatisfação. Sempre que você tiver uma compulsão, troque o alimento por água.

Gostou? É só me seguir para receber diariamente dicas de nutrição e saúde.

Anúncios