Diet Light

Atualmente na industria de alimentos existe uma variedade de produtos que ajudam a emagrecer, reduzir colesterol, produtos com baixo teor de açúcar. Com isso  fica difícil para as pessoas com diabetes identificar o melhor alimento para sua dieta, entender as informações contidas nos rótulos e poder usufruir de tantos avanços, sem comprometer seu controle metabólico.

Diet ou light?

A maioria das pessoas adquirem produtos diet e light sem acompanhamento de um profissional e, até mesmo, sem saberem se podem ingeri-los. É importante estar atento, pois nem todos são benéficos, como muitos acreditam, e alguns possuem restrições para consumo.                            

Os alimentos diet são apropriados para pessoas com dietas de restrição ou ingestão controlada de algum nutriente, como o carboidrato (açúcar) para os diabéticos. Qualquer pessoa pode consumir produtos diet, mas, quando forem restritos em açúcar, a quantidade de adoçante (edulcorante) consumida deve ser moderada, pois em excesso é prejudicial à saúde.                                     

Existem diversos alimentos diet que possuem carboidratos (açúcar), pois são diet apenas em gordura, como alguns iogurtes. Geralmente vem escrito na embalagem que o produto tem 0% de gordura e, neste caso, devem ser utilizados por pessoas que necessitam de uma dieta hipolipídica, ou seja, com pouca gordura.         

         x   

Os alimentos light também podem ser consumidos por qualquer pessoa, desde que ela não possua nenhuma patologia que a impeça de ingerir determinado nutriente, como no caso dos diabéticos que não podem açúcar. Os produtos light são muito utilizados por pessoas que querem emagrecer, pelo fato da maioria ser light em calorias.                      

Há  produtos light que alteram a quantidade de micronutrientes sem alterar o valor calórico, como no caso do sal light, que reduz a quantidade de sódio do produto e, neste caso, é recomendado para pessoas hipertensas.                                  

Os hipertensos precisam ficar atentos ao consumir produtos diet, pois alguns deles possuem edulcorantes (adoçantes) com sódio na composição, como o ciclamato de sódio ou sacarina sódica, que podem elevar a pressão sanguínea. Os hipertensos devem seguir uma dieta hipossódica, ou seja, com menos sódio (sal), e optar por edulcorantes que não possuem sódio na composição.       

Anúncios