Algumas pessoas preferem investir em shakes para acelerar a perda de peso, com a vantagem de ser uma preparação mais fácil e prática. No entanto, estudos científicos têm apontado um perigo para a saúde decorrente do consumo daquele que, provavelmente, é o mais famoso drink emagrecedor: o Herbalife.

Herbalife nem sempre ajuda na perda de peso

Apesar de serem usados principalmente com o objetivo de emagrecer, os shakes e produtos da Herbalife só têm esse efeito se forem incluídos em uma dieta balanceada, pois substituir refeições por shakes e chás sem alterar a dieta e praticar atividade física pode levar ao aumento do peso e à retenção de líquidos.

Além disso, o excesso de chás e o emagrecimento acelerado pode causar falta de vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo, levando a problemas como queda de cabelo, cãibras, problemas de visão, anemia, tonturas e mal estar.

Herbalife faz mal?

Desde a década de 90, estudos científicos têm encontrado relação entre o consumo de produtos Herbalife e problemas no fígado. Dezenas de pesquisas foram dedicadas a encontrar uma relação entre lesões no fígado ou mesmo provar que essa relação não existe.

O mais recentemente levantamento divulgado foi realizado no Brasil, nas Faculdades Integradas Metropolitanas de Campinas (Metrocamp), no estado de São Paulo. O estudo reuniu os dados de outros seis levantamentos científicos internacionais sobre o assunto e chegou à conclusão de que o principal problema em decorrência do consumo do shake é a hepatite tóxica.

2.png

Outra pesquisa, esta realizada em Israel e publicada no Journal of Hepatology, também analisou a relação entre o herbalife e a chamada hepatotoxicidade depois que houve quatro casos de hepatite aguda associada ao uso do produto no país. Para essa análise, 12 pacientes com doença hepática aguda idiopática associada ao Herbalife foram avaliados. Como resultado, os estudiosos encontraram alterações como cirrose biliar primária, hepatite e falência hepática. A lesão aguda surgiu, em média, depois de 11 meses de ingestão do produto. Um dos pacientes faleceu em consequência de um transplante de fígado que não deu certo.

É importante ressaltar que esses estudos não são definitivos, ou seja, eles não provam por si só que os produtos Herbalife são danosos para o fígado. Além disso, muitos deles são limitados em suas metodologias por não especificar qual produto Herbalife foi utilizado, por avaliar poucas pessoas, entre outros critérios.

Como tomar herbalife de forma segura?

Para tomar produtos da Herbalife de forma segura deve-se procurar orientação de um nutricionista, que irá indicar uma alimentação balanceada e, se necessário, prescrever suplementos nutricionais para melhorar a qualidade e valor nutricional da dieta.

No entanto, é importante destacar que o Herbalife está contraindicado em pessoas que já tenham problemas no fígado, nos rins, diabetes, pressão alta, idosos, crianças, gestantes e mulheres que amamentam.

Fonte: https://www.vix.com/pt/bdm/saude/herbalife-faz-mal-entenda-polemica-e-veja-o-que-especialista-e-marca-tem-a-dizer

Anúncios