Acredito que a maioria das mulheres que tomam pílula anticoncepcional oral, já esqueceram de tomar pelo menos uma vez. Por este motivo algumas mulheres optam por anticoncepcional injetável. Além de ser prático ajuda na prevenção da gravidez indesejada. Venha conhecer agora as vantagens e desvantagens desse método e se é o melhor para você.

O anticoncepcional injetável é uma injeção de hormônios que pode ser aplicado de forma mensal ou trimestral, agindo no organismo da mesma forma que as pílulas, mas como todo medicamento, seu uso apresenta vantagens e também desvantagens, vejamos:

Anticoncepcional injetável, como funciona?

Assim como as pílulas, os anticoncepcionais injetáveis têm por finalidade impedir a ovulação, alterando a composição do muco cervical que se torna mais espesso, o que impede a passagem dos espermatozoides. As injeções mensais são compostas por dois hormônios, estrogênio e progesterona, já os anticoncepcionais injetáveis trimestrais tem a vantagem de conter somente progesterona.

Os hormônios injetados são absorvidos lentamente pela corrente sanguínea e sua eficácia é quase que imediata, uma das vantagens, é que o anticoncepcional injetável é um excelente método contraceptivo para aquelas mulheres que se esquecem de tomar diariamente a pílula.

2

Vantagens do anticoncepcional injetável

O anticoncepcional injetável mensal apresenta muitas vantagens, sendo muito indicado para mulheres que fazem ou precisam fazer uso de outro medicamento ou para aquelas que tem intolerância às pílulas orais, outra vantagem é que os anticoncepcionais injetáveis ajudam a diminuir a intensidade das cólicas menstruais, além de prevenir várias doenças, como o câncer de endométrio no ovário, doenças mamárias, cistos e miomas uterinos e doenças inflamatórias pélvicas. Dentre as vantagens do anticoncepcional injetável, destaca-se ainda o combate à anemia, pois seu uso estimula a formação de glóbulos vermelhos.

Desvantagens do anticoncepcional injetável

As desvantagens do anticoncepcional injetável são alguns efeitos colaterais, como alterações no ciclo menstrual que pode variar desde o excesso de sangramento à completa amenorreia (ausência de menstruação), é comum sentir dor de cabeça, dores nos seios e também nas pernas, além de retenção de líquidos.

 

Outra desvantagem do anticoncepcional injetável é a incerteza quanto à fertilidade, pois ao interromper o uso do anticoncepcional injetável, a mulher só voltará a ser fértil após 06 meses ou um ano. Como desvantagem ainda, o anticoncepcional injetável aumenta os riscos de doenças cardiovasculares em mulheres fumantes e deve ser evitado por mulheres que estejam amamentando.

porque-não-consigo-emagrecer-lipodrox

Anticoncepcional injetável engorda?

Essa é uma dúvida bastante comum a respeito do assunto, mas cientificamente não há nada comprovado de que o anticoncepcional injetável engorda, o que se sabe é que esses métodos contraceptivos apresentam como desvantagem a retenção de líquidos, o que pode favorecer o aumento de peso. Como a quantidade de hormônios nesse método é bem maior em relação às pílulas orais, algumas mulheres podem sentir mais os efeitos colaterais, como o aumento de apetite, o que pode consequentemente aumentar o peso. Caso haja um notável aumento no peso ao iniciar qualquer método contraceptivo, é conveniente que se consulte um médico, pois outros fatores podem estar influenciando na saúde.

Embora o anticoncepcional injetável tenha vantagens e desvantagens, pode ser usado desde a adolescência até a menopausa sem necessidade de pausa, mas antes de iniciar o uso desse método contraceptivo, é necessária uma avaliação médica, pois somente um profissional poderá orientá-la e prescrever o método mais indicado ao seu organismo.

Fonte: https://mundomulheres.com/anticoncepcional-injetavel-suas-vantagens-e-desvantagens/

Anúncios