VIRUS_SICKINBED1

Cada vez mais o número de casos de dengue aumenta na região. A Coordenadoria de Vigilância em Saúde de Araraquara (SP) confirmou que 23/03/2015 o município atingiu uma epidemia de dengue após o registro de 61 novos casos. Ao todo, a cidade teve 700 casos da doença desde janeiro de 2015. Além de Araraquara, outros 14 municípios da região também decretaram epidemia de dengue.

Cidades com Epidemia Nº de casos confirmados
Rio Claro 5.862
Porto Ferreira 2.840
Aguaí 2.727
Mococa 2.610
Pirassununga 2.348
São João da Boa Vista 1.170
São Carlos 838
Araraquara 700
Araras 457
Conchal 417
Santa Rita do Passa Quatro 317
Itirapina 215
Descalvado 184
Trabiju 115
Águas da Prata 101

É importante ressaltar que os casos de dengue crescem 240% no país em relação a 2014. Vamos combater a DENGUE!!!

Saiba quais são as diferenças dos sintomas de gripe e dengue.
Características Resfriado Gripe (comum e H1N1) Dengue
Febre (Foto: Arte/G1)
Não chega a 38º C Costuma ser alta, acima de 38º C Alta, de início súbito
Dor de cabeça (Foto: Arte/G1)
Fraca Intensidade média Forte
Dor muscular (Foto: Arte/G1)
Fraca Intensidade média Forte. Também causa dor nos ossos e nas articulações, razão pela qual também é conhecida como “doença quebra-ossos”
Dor de garganta (Foto: Arte/G1)
Pode haver Pode haver Não
Tosse (Foto: Arte/G1)
Fraca Geralmente forte Não
Espirros (Foto: Arte/G1)
Sim Sim Não
Mal-estar (Foto: Arte/G1)
Sim Sim Sim, com tontura e moleza
Cansaço (Foto: Arte/G1)
Fraco Médio Intenso
Secreção nasal (Foto: Arte/G1)
Intensa Intensa Não
Muco (catarro) (Foto: Arte/G1)
Intenso Intenso Não
Diarreia (Foto: Arte/G1)
Não Pode haver Pode haver
Dor nos olhos (Foto: Arte/G1)
Apenas quando há conjuntivite associada Apenas quando há conjuntivite associada Sim, e piora com o movimento dos olhos
Manchas vermelhas (Foto: Arte/G1)
Não Não Sim, principalmente no tórax e nos braços. É mais comnum na dengue hemorrágica ou na fase final do tipo clássico
Calafrios (Foto: Arte/G1)
Não Sim, associados à febre Sim, associados à febre
Perda de apetite (Foto: Arte/G1)
Comum e associado à perda do paladar e do olfato Comum e associado à perda do paladar e do olfato Comum e associado à perda do paladar
Complicações (Foto: Arte/G1)
Geralmente não há, mas pode evoluir para uma sinusite Pneumonia, broncopneumonia, otite, bronquite, sinusite e insuficiência respiratória Ocorrem nos casos mais graves, como o tipo hemorrágico. Pode haver sangramento, insuficiência circulatória e choque, entre outros problemas, sendo capaz de levar à morte
Duração (Foto: Arte/G1)
De dois a quatro dias. Em fumantes, pode chegar a uma semana Uma semana De 10 a 12 dias

Saiba que muitos casos de dengue são descobertos e tratados tardiamente pelas semelhanças que a doença possui com a gripe, deixando o paciente menos preocupado em encontrar um tratamento adequado.

Há situações também em que a pessoa pode desconfiar de dengue, mas que uma simples análise dos sintomas pode eliminar essa suspeita. Entenda as principais diferenças entre as duas doenças e lembre-se: na dúvida, procure um médico!

Dica: O inhame ajuda a diminuir os sintomas da dengue.

Gostou? É só me seguir para receber dicas de nutrição e saúde.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/03/com-700-casos-araraquara-confirma-epidemia-de-dengue-no-municipio.html

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/05/saiba-quais-sao-diferencas-dos-sintomas-de-gripe-resfriado-e-dengue.html

Anúncios