dieta-emagrecer-rapido

O grande sonho de muitas pessoas é emagrecer rápido. Porém, será que isso é mesmo recomendado? Há riscos para a saúde ao emagrecer rapidamente?

De forma geral, quanto mais rápido você emagrece, mais provavelmente recuperará o peso perdido. É o conhecido efeito sanfona, no qual a pessoa emagrece e engorda repetidas vezes.

Sem tempo para se adaptar às mudanças de peso ,o corpo responde de maneira negativa, surgindo:

  1. Alterações no coração – além de leves modificações nos batimentos cardíacos, você pode desenvolver taquiarritmia atípica, um problema no coração que não responde à remédios. A única solução é implantar um marcapasso temporário.
  2. Alterações Hepáticas – o aumento do metabolismo da gordura pode causar complicações no fígado.
  3. Alterações na Libido – a diminuição na produção de hormônios sexuais altera o interesse sexual.
  4. Anemia – dietas não equilibradas geram carência de vitamina B (contida nos cereais) e ferro (contido nas carnes vermelhas e verduras escuras). O resultado pode ser um comprometimento cerebral, que leva a dificuldade para andar.
  5. Baixa imunidade – O sistema imunológico dos obesos é muito menos eficiente do que dos magros. Mas com o emagrecimento rápido o problema pode piorar ainda mais, crescendo as chances de gripe, infecções, viroses, verminoses e reações alérgicas.
  6. Cálculos na vesícula – a quantidade de ácido úrico na circulação sanguínea aumenta, favorecendo a formação de cálculos- as famosas pedras nos rins, que provocam cólicas fortes.
  7. Distúrbio Hidreletrolítico – a pessoa urina muito, perdendo água e sais minerais. Consequentemente, fica sujeita a câimbras, mal estar, fraqueza e perda da sensibilidade nas mãos.
  8. Embolia – as pessoas com excesso de peso normalmente apresentam tendência à embolia (formação de coágulos que impedem a passagem do sangue nas veias), por causa dos níveis elevados de triglicérides e de colesterol. Durante um emagrecimento rápido, esses coágulos podem aumentar, elevando o risco da doença.
  9. Flacidez – a pele não acompanha a redução de peso rápida e fica flácida. Além disso, a falta de nutrientes deixa as fibras de colágeno e elastina desnutridas, impedindo a firmeza da pele.
  10. Intolerância ao frio – causada pela diminuição do tecido gorduroso e redução da produção de adrenalina e hormônios tireoidianos, que regulam a temperatura corporal.
  11. Metabolismo lento – Quanto mais restrito for o consumo de calorias, mais o organismo vai se proteger. Resultado: queima menos calorias.
  12. Osteoporose intensa – nas mulheres em fase de menopausa, que tem osteoporose, a doença se agrava, exigindo controle constante, reposição hormonal e a prática de exercícios.
  13. Prisão de ventre – existe maior chance de ter intestino preso nas dietas à base de líquido e pobre em fibras.
  14. Queda de cabelos e unhas fracas – o que desencadeia esses problemas é uma dieta pobre em vitaminas, zinco e proteínas.

Para um emagrecimento saudável e seguro procure não emagrecer mais do que 1 kg por semana.Especialistas concordam que o melhor para obter um peso saudável é seguir uma dieta balanceada e realizar atividade física regularmente.

Gostou? É só me seguir para receber diariamente dicas de nutrição e saúde.

 

Fonte: http://www.copacabanarunners.net/emagrecer-rapido.html

http://www.pensemagro.com.br/modulos/canais/descricao.php?cod=23..

Anúncios