Homens-e-alimentação-e1340972057828

Um dos problemas que costuma incomodar os homens é a famosa barriguinha. Devido à genética, eles têm tendência a acumular gordura na região abdominal. Conheça agora algumas dicas nutricionais, para homens.

Esta gordura aumenta o risco de doenças cardiovasculares, que podem ser prevenidas através do controle do peso. O segredo é balancear o consumo e o gasto energético.

Os homens adoram churrasco e cerveja. Então a culpa da barriguinha é da cerveja? Não necessariamente. O que gera o acúmulo de gordura na região abdominal é o excesso de calorias. Isso pode acontecer tanto devido ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas quanto dos petiscos que acompanham aquela cerveja gelada.Eles não precisam ser banidos da vida social, mas devem fazer parte dela com moderação.

O consumo máximo de álcool recomendado por dia para os homens é de duas porções. Isso equivale a duas taças de vinho ou duas latinhas de cerveja. Por isso, procure alternar o consumo de bebidas alcoólicas com água e sucos, e prefira os petiscos que não sejam fritos, como uma tábua de frios com pãezinhos, por exemplo.

Pequenos excessos calóricos podem ser compensados através de exercícios físicos. A prática regular destas atividades também fortalece os músculos e mantém o corpo condicionado para aquele futebol com os amigos.

Na saúde do homem, a alimentação pode contribuir com um antioxidante de grande importância: o licopeno. Segundo alguns estudos científicos, ele reduz o risco de câncer de próstata.

O licopeno é encontrado em alimentos de cor avermelhada: mamão, melancia, pimentão e, principalmente, no tomate. Por isso, quanto maior a quantidade de tomate (e de produtos à base de tomate, como os molhos e sopas) em uma refeição, maior o teor do antioxidante.

Soja e derivados ajudam a prevenir o câncer de próstata, graças às isoflavonas. Suas proteínas reduzem os níveis de colesterol. Já os flavonoides presentes nesse alimento tem ação  vasodilatadora, anti-inflamatória e antioxidante.

Linhaça e óleos de linhaça estimulam o sistema  imunológico e tem ação anti-inflamatória, graças ao ácido a-linolênico. Por ser rico em lignanas (proteção contra câncer , inibe tumores hormônio-dependentes. Vinho tinto e uva roxa são outra opção de fonte de catequinas.

Goiaba vermelha e melancia são frutas que também trazem boas concentrações de licopeno e ajudam a baixar o colesterol e evitar câncer de próstata.

Tomate e derivados: o fruto, rico em licopeno e flavonoides, é antioxidante, reduz os níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata. Além disso, tem função vasodilatadora e anti-inflamatória.

Chá verde ajuda a reduzir a incidência de certos tipos de câncer, abaixa as taxas de colesterol e estimula o sistema imunológico, graças às catequinas.

Peixes marinhos de águas frias como sardinha, atum, salmão, anchova, arenque. São ricos em ácidos graxos ômega-3 (EPA e DHA), que reduzem o colesterol ruim (LDL) e tem ação anti-inflamatória.

Alho e cebola reduzem o colesterol, a pressão sanguínea  o risco do câncer gástrico e melhoram o sistema imunológico, graças aos sulfetos alílicos.

Alcachofra ajuda a prevenir o câncer, tem ação vasodilatadora e anti-inflamatória, graças aos flavonoides.

Aveia, centeio, cevada e farelo de trigo são ricos em fibras e pré-bióticos (fibras insolúveis e solúveis, fruto oligossacarídeos, inulina) melhora a saúde intestinal, reduz o risco de câncer de cólon e ajuda a controlar o colesterol.

 Além de uma boa alimentação e exames periódicos, beber grandes quantidades de água diariamente  faz muito bem a saúde.

Gostou? É só me seguir para receber dicas de nutrição e saúde.

Anúncios