frut

Algumas pessoas procuram automedicar-se, acreditando em histórias contadas por familiares e amigos que já usaram o medicamento. Mas muitas vez o efeito é contrario, em vez do medicamento fazer bem faz mal, podendo provocar danos à saúde. 

Veja agora Mito ou verdade sobre os suplementos de vitaminas:

Multivitaminas.

Os três estudos de longo prazo descobriram que não há benefício mensurável nas multivitaminas para a prevenção de doenças do coração, câncer ou declínio cognitivo. Uma multivitamina não é adaptada à sua dieta ou necessidades particulares, logo qualquer efeito que ela tenha é mínimo.

Vitamina C

Se você for como eu, provavelmente já deve ter ouvido de amigos e familiares que a vitamina C é um santo remédio contra resfriados. Entretanto, não existe evidência conclusiva de que a vitamina C previne ou mitiga resfriados em pessoas saudáveis. Uma meta-análise de 2007, compreendendo 30 estudos e um total de 11.350 participantes, descobriu que tomar uma mega dose de vitamina C não se justifica.

De qualquer forma, a percepção de que a vitamina C é boa contra resfriados é quase inabalável. (Olá, aspirinas e balinhas!) O persistente mito remonta ao popular livro de 1970 Vitamin C and the Common Cold, de Linus Pauling, um químico ganhador do prêmio Nobel que estava certo sobre uma grande coisa (a natureza das ligações químicas) e errado sobre, ah cara… sobre muitas outras. O alvoroço de Pauling tornou a vitamina C parte dos equívocos populares, mas vários estudos grandes, como resumiu essa meta-análise, demonstraram que não é o caso.

Vitamina E

A vitamina E é um bom exemplo de uma vitamina que os suplementos podem nos dar em excesso. Uma meta-análise de 91 testes clínicos descobriu que a vitamina E na verdade aumenta a mortalidade em geral, quando são tomadas doses superiores a 110mg por dia. Os suplementos de vitamina E costumam ser vendidos em doses de 300mg para cima. Em doses ainda maiores, acima de 1,1g por dia, a vitamina E pode impedir o sangue de coagular e neutralizar a vitamina K.

Dica: Não acredite em tudo que as pessoas falam para você. Se você tem dúvida, procure um médico.

Gostou? É só me seguir para receber dicas de nutrição e saúde.

Fonte: http://gizmodo.uol.com.br/giz-explica-vitaminas/

Anúncios