O colágeno é uma proteína está presente naturalmente em nosso corpo, ela é responsável em dar firmeza e elasticidade à pele. Com o tempo nosso corpo vai perdendo esta proteína, e a tendência é que a pele fique mais flácida.

O colágeno também é responsável pela construção e constituição dos ossos, músculos, cartilagens, cabelos e unhas. Sem esquecer, é claro, que ajuda a evitar aquelas rugas que temos pavor que apareçam.

Apesar de ser produzido naturalmente pelo organismo, a partir dos 25 anos, a produção de colágeno cai e sua falta começa a ser percebida.

Quais são os primeiros sintomas que a produção de colágeno esta baixa?

Cabelos e unhas começam a quebrar e a cair.

Hoje encontramos colágeno em diversas formas, como cápsulas, pó, líquido, etc. Mas, será que você realmente sabe que tipo de colágeno está consumindo? Entenda a diferença entre eles:

Hidrolisado: Passa por um processo de hidrólise, ou seja, é quebrado em partículas menores para ser absorvido mais facilmente e ter melhor aproveitamento pelo organismo.

Tipo 2: É o tipo mais abundante em nossas cartilagens. Apesar de ser difícil de encontrar, existem alguns suplementos que contêm uma fórmula para aumentar sua produção. Para quem tem problemas nas cartilagens e articulações é bom apostar nele.

Pepto colágeno: É um colágeno altamente hidrolisado, que chega aos peptídeos de colágeno (conjunto de aminoácidos), ou seja, moléculas ainda menores e de mais fácil absorção. Diversos estudos apontam que o colágeno na forma de peptídeos possui benefícios potencializados.

Benefícios do colágeno
  • Melhora a firmeza e a hidratação da pele
  • Previne o envelhecimento precoce
  • Protege e evita desgaste das articulações
  • Previne o surgimento de celulites e estrias
  • Auxilia no tratamento da osteoporose
  • Fortalece cabelos e unhas.

Onde eu posso encontrar os colágenos? Em farmácias de manipulação ou em supermercados.

Gostou? É só me seguir para receber diariamente dicas de nutrição e saúde.

Anúncios