adolescente obesoAtualmente a obesidade está tomando proporções alarmantes em todos os cantos do mundo. Obesidade já virou  epidêmica, o mais preocupante é que se trata de uma doença que leva a outras doenças de muita gravidade, por isso devemos nos preocupar tanto com este mal que nos acomete nos dias de hoje.

Segundo os últimos dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), são cada vez mais os jovens que sofrem do problema de excesso de peso.

A obesidade na adolescência pode trazer várias consequências para o jovem que podem até afetar o resto da sua vida, incluindo:

  • alterações da postura e até ortopédicas;
  • problemas de ossos (devido ao excesso de peso para o esqueleto formado);
  • a criação de hipertensão arterial, o que nos jovens pode tornar-se mesmo muito complicado de controlar e detetar a tempo;
  • enorme desconforto respiratório, que vai afetar até a subir as escadas do prédio ou mesmo a deslocar-se para a escola;
  • problemas dermatológicos, devido ao peso em excesso a sua pele acabará por tomar outras formas que dificilmente voltará ao normal sem ajuda de cirurgia estética;

crianca-obesa-obesidade

  • vários problemas de saúde, nomeadamente o colesterol e triglicerídeos elevados, principalmente devido à má alimentação tida durante imensos anos;
  • inúmeros problemas psicossociais, fruto de uma fraca autoestima durante toda a adolescência, momento em que geralmente se fazem as amizades para a vida; e ainda uma grande dificuldade em afastar a persistência da obesidade na idade adulta, pois os hábitos foram adotados e serão bastante complicados de esquecer completamente.

Dicas:

  1. Evite alimentos gordurosos, frituras, doces e refrigerantes
  2. Praticar atividades físicas
  3. Fazer uma reeducação alimentar
  4. Respeitar horários das refeições, não beliscar
  5. Comer de 3 em 3 horas
  6. Beber pelo menos 2 litros de água por dia

A obesidade é um problema grave e deve ser encarado com cuidado. Se você está ou conhece alguém que esteja acima do peso, deve procurar ajuda de um medico ou nutricionista, pois as causas da obesidade podem ter diversas origens desde hábitos irregulares até fatores genéticos e hormonais. Quanto mais cedo for tratado, maiores são as chances de cura.

Fonte: http://obesidade.org/obesidade-na-adolescencia/

Anúncios