cuidado-com-o-acucar

Açúcar ou adoçante? A pergunta na hora de servir um cafezinho esconde um dilema. Se o açúcar virou vilão da alimentação saudável, os adoçantes também não estão imunes a críticas.

A fim de descobrir se o consumo exagerado destas substâncias pode causar danos à saúde da população, inúmeras pesquisas vêm sendo realizadas em todo o mundo.

Adoçantes considerados mais prejudiciais são o aspartame, acessulfame, sacarina e ciclamato. Os mais indicados são sucralose e estévia. O ciclamato sódico são pouco indicados, pois apresentam níveis elevados de sódio – nocivo a pacientes hipertensos.

Existem algumas evidências com relação a uma atividade do ciclamato como promotor de câncer ou co-carcinogênico e que o uso da mistura ciclamato-sacarina pode estar associada ao aumento no risco de câncer de bexiga. Já o aspartame e o acessulfame também devem ser utilizados com cautela, por haver suspeitas de serem cancerígenos.

adocantes

A stevia rebaudiana é derivada de uma planta e possui alto poder de dulçor, não têm qualquer valor calórico, não altera os níveis de açúcar nem de insulina no sangue, e principalmente, não tem efeitos secundários prejudiciais, apenas apresenta sabor residual.

A sucralose é derivada do açúcar da cana. Entre os adoçantes, é o que possui sabor mais próximo do açúcar. Só não é indicado para pacientes com desordens tireoidianas, por ter cloro em sua composição.

Para manter a saúde em dia, o ideal é fazer uma rotatividade entre o consumo do açúcar mascavo e de estévia e evitar a adição dessas substâncias quando possível em chás e sucos naturais.

Gostou? É só me seguir para receber diariamente dicas de nutrição e saúde.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2009/06/28/mito-ou-verdade-adocantes-provocam-cancer.htm

http://www.vidaintegral.com.br/noticias.php?noticiaid=1375

Anúncios